segunda-feira, 9 de junho de 2014

Ateliê Ler Sem Medo/ Trabalhos dos Alunos–divulgação

Leitura livre de vários livros;
Leituras comentadas:

  • “História de um gato e de um rato que se tornaram amigos", de Luis Sepúlveda
  • “Os da minha Rua”, de Ondjaki
  • “Playgound Love”, in Cândida Neves Couto, Cristina Parente, T@rget: 3º Ciclo do Ensino Básico, 7º Ano de Escolaridade, Lisboa, Sebenta, 2012
  • “Cartas da Beatriz”, de Mª Teresa Maia Gonzalez;

Individualmente, regista-se uma taxa elevada de leitura presencial, bem como domiciliária, por parte dos alunos inscritos neste ateliê. No final do ano letivo, verifica-se que a leitura já é vista como um hábito útil, embora a escrita precise de ser muito trabalhada.

t r a b a l h o s  d o s  a l u n o s
Coração vermelho o   a m o r Coração vermelho

Coração partido

 

   autoavaliação

domingo, 1 de junho de 2014

Cerimónia de entrega de prémios do Concurso de Poesia Interescolas de Gaia 2014 – BMVNG, 28/05/2014

No dia 28 de maio, pelas 14h30, decorreu a Cerimónia de Entrega de Prémios do 15º Concurso de Poesia Interescolas de Gaia 2014, na Sala de Exposições da Biblioteca Municipal de Gaia, cuidadosamente preparada para este evento, como sempre aconteceu em qualquer espaço disponibilizado por esta instituição pública, desde o início deste projeto.

Foi a 4ª edição a nível do concelho, envolvendo as comunidades educativas de 10 dos 18 agrupamentos/ escolas de Vila Nova de Gaia - António Sérgio, Carvalhos, Dr. Costa Matos, D. Pedro I, Diogo de Macedo, Escultor António Fernandes de Sá, Gaia Nascente, Madalena, Valadares, e a escola secundária Almeida Garrett – com a participação de 53 poemas a concurso/ 2ª FASE.

Esta Cerimónia contou com a presença das poetisas Virgínia Monteiro e Odete Boaventura, 2º Júri deste concurso. Em representação do Diretor da Biblioteca Municipal de Gaia, dr. Alberto Moreira – ausente por motivos de força maior – esteve presente a drª Alzira Moreira, que, junto com a drª Paula Barbosa, fez o acolhimento dos premiados. Contou igualmente com dois elementos da escola organizadora - secundária Gaia Nascente - professora bibliotecária Isabel Seca e dr. José Rafael Tormenta, este último em representação da direção do agrupamento de escolas Gaia Nascente. Igualmente se contou com o coordenador Interconcelhio de Bibliotecas Escolares de VNG, dr. Paulo Izidoro, que, por impedimentos vários, só pode comparecer no final do evento.

Após as palavras de abertura pela drª Alzira, foram proferidas breves palavras enquadradoras deste Concurso (memória inserida na Antologia digital apresentada nesta postagem) pela profª Isabel Seca e feitos agradecimentos aos membros da mesa.

Prémios de poesia interescolas gaianascente 28maio2014 (13)

Prémios de poesia interescolas gaianascente 28maio2014 (6)



Prémios de poesia interescolas gaianascente 28maio2014 (15)

De seguida, num diálogo de encantar a todos, o poeta Rafael Tormenta e os meninos do pré‑escolar e 1º ciclo, visivelmente curiosos e muito atentos, construíram Poesia, em jeito da sua definição. Leia-se as palavras ditas pelo poeta:

 

“E eu fui convidado a falar sobre poesia assim de improviso... e aqueles que estavam ali à frente eram do jardim de infância... e eu disse-lhes que um dia lhes podia apetecer dizer que o sol é azul... e um disse logo "mas o sol é amarelo!"... e eu. " mas se tu estiveres mais triste, podes querer o sol mais escuro..." e eles: " pois!" Parecia que percebiam logo tudo. E eu... "Também vos pode apetecer brincar com as palavras... dizê-las e ouvi-las..., pegar no nome da Teresa e dizer Té.té-té-té-resa e depois inventarem coisas engraçadas. E fazer rimas..." E eles: Siiiiim!.

E depois falei para os do 1º Ciclo. Sobre a escrita. Como podemos jogar com o que escrevemos e ler em voz alta e trocar as palavras e ler outra vez e dizer de maneira diferente. E estes ficaram com os olhos mais arregalados como quem come um chupa e engole o mundo.

E então comecei a falar para os mais crescidos, por aí fora, do 6º ano até ao Secundário, desta coisa simples da poesia e da literatura, daquilo que podemos imaginar cada um de nós, individualmente se quisermos, ou até em grupo, mas que cada um de nós se deixa ir e "se o texto fala de uma árvore saborosa para mim pode ser uma nespereira de casa do meu avô, mesmo sem eu querer, para ti uma tangerineira... vem-te à cabeça... não és tu que dominas..." Eu já falava para os alunos do Secundário que estavam mais ao fundo e um muito pequenito lá da frente disse: " e também pode ser uma macieira!"

E pronto. A Poesia pode ser uma Macieira. Na entrega de Prémios do Concurso de Poesia Interescolas do Concelho de Vila Nova de Gaia. Que é um dos maiores do país, mas deixa a poesia crescer duma ponta a outra em cima das árvores!

E quando vieram ler os seus poemas... eu fiquei caladinho... caladinho... caladinho.”                            
                   gentilmente cedido pelo poeta, in facebook do próprio, a propósito desta cerimónia

Seguiram-se momentos maravilhosos de Poesia, tendo sido ditos os poemas premiados, pelos próprios concorrentes ou pelas poetisas. Simultaneamente, receberam o prémio da BMVNG, pela mão da drª Paula Barbosa. Também a poetisa Virgínia Monteiro leu um belo poema, por si escrito com 12 anos de idade.

 

fotos desta postagem gentilmente disponibilizadas pela BMVNG

No final deste evento, os professores/ bibliotecários presentes de cada agrupamento/escola receberam, pela mão do dr. Rafael Tormenta e por sua iniciativa, um pequeno livro intitulado “Nem só de Gin Vive o Pinguim”, de uma coleção que reúne textos inéditos e folhetos que divulgam, entre outros poetas, Manuel Jorge Marmelo, João Habitualmente, Daniel Maia-Pinto Rodrigues.

Rosa vermelhauma tarde inesquecível Rosa vermelha

Deixamos aqui o registo dos nossos agradecimentos a todos os que contribuíram para que este Concurso de Poesia Interescolas de Gaia 2014 se concretizasse, a todos os professores, aos membros das equipas das Bibliotecas Escolares, aos apreciadores de poesia das comunidades educativas envolvidas. Muito em especial aos professores de português, pelo trabalho permanente de sensibilização à poesia, e a todos os professores que incentivaram a participação e partilha dos poemas a concurso, aos professores bibliotecários, pela recolha dos poemas, num trabalho concelhio colaborativo, às poetisas Virgínia Monteiro e Odete Boaventura, que tanto têm ajudado na divulgação de património poético emergente, a todos os envolvidos neste projeto, por parte da instituição Biblioteca Municipal de Vila Nova de Gaia, por toda a disponibilidade e preciosa colaboração.

Felicitamos todos os participantes,
premiados e não premiados.
Muitos parabéns a todos!

pin

Nesta cerimónia, foram atribuídos diplomas de participação, pela escola organizadora,
bem como  oferecido um pin, feito com a colaboração da
profª Telma Rodrigues e dos alunos do 3A, CEF Operador de Informática,
Marco, Patrícia e Paula, da mesma escola.
Igualmente os nossos agradecimentos