sexta-feira, 31 de maio de 2013

Concurso de Poesia 2013 – Cerimónia Pública de Entrega de Prémios

No dia 29 de maio/2013, pelas 14h30, decorreu, no Auditório Municipal de Vila Nova de Gaia, a Cerimónia Pública de Entrega dos Prémios referentes ao Concurso de Poesia Interescolas de Gaia 2013, já na sua 14ª edição e 3ª ao nível de VNG.
Na abertura da cerimónia, o Dr. Manuel Filipe Sousa, diretor do Auditório de Gaia e igualmente em representação da diretora da Biblioteca Municipal de VNG,
ausente por motivos de força maior, deu
as boas-vindas aos presentes, elogiando este projeto e todos os seus intervenientes e apelando ao envolvimento de pais, encarregados de educação, todos os educadores no incentivo à leitura e à escrita.
Na presença de todos os participantes premiados, professores/ bibliotecários acompanhantes, pais e encarregados de educação, os membros da mesa deram o seu testemunho acerca da importância deste projeto na formação de todos e, particularmente, no desenvolvimento da escrita criativa/ poética.

  membros da mesa

Paula Barbosa, Isabel Seca, Odete Boaventura, Virgínia Monteiro, Fernando Morais, Anthero Monteiro, Eduardo Roseira

Após breves palavras enquadradoras do concurso, pela professora bibliotecária Isabel Seca, da escola organizadora, a secundária de Oliveira do Douro, deu-se a palavra aos poetas convidados.
Das intervenções proferidas, destacamos a alusão a este concurso,  denominado por Eduardo Roseira “Poesia na Escola”, por ser impulsionador de escritas poéticas que foram crescendo, criando “correntes” que se estenderam de escola em escola, apesar dos poucos apoios. Lamentou assim, enquanto poeta e divulgador de poesia, que a Câmara Municipal de Gaia e, especialmente, a “Gaianima”, tenham deixado de apoiar a edição em livro das Antologias, atualmente publicadas digitalmente.
Anthero Monteiro partilhou com os presentes os seus momentos iniciais de criação poética, aos 7 anos, dizendo um poema da sua autoria. Aconselhou os futuros poetas a escreverem, recorrendo frequentemente ao dicionário, ao prontuário e à gramática. E insistiu a que lessem poesia.
O poeta Fernando Morais recordou entusiasticamente a sua experiência enquanto membro do 2º Júri deste concurso e o prazer com que apreciou os poemas que lhe chegaram às mãos. Igualmente disse um poema seu. O mesmo ocorreu com  Virgínia Monteiro e Odete Boaventura, atuais poetisas do 2º Júri, que teceram elogios a todos os participantes pelos poemas a concurso.
Procedeu-se à entrega de prémios pela Drª Paula Barbosa, oferecidos pela Biblioteca Municipal de VNG, seguida da leitura dos poemas premiados, pelos seus autores.
A poetisa Odete Boaventura partilhou com os presentes um seu poema, e Eduardo Roseira foi convidado a dizer o seu poema Afro-Íris, inserido nos diplomas distribuídos a todos os premiados.

  Eduardo Roseira

No final, a Drª Paula Barbosa enalteceu mais esta edição do concurso, bem como a organização da cerimónia.

 

registo fotográfico do prof. Pedro Bastos

Nesta cerimónia houve a oferta de diplomas a todos os premiados e aos poetas convidados, bem como de um crachá da autoria de Abílio Silva, prof. do Curso Profissional Multimédia da escola secundária de Oliveira do Douro, com o apoio financeiro da direção do AEOD1.

  crachá Poesia

Agradecemos aos poetas
à Biblioteca Municipal
à Gaianima

Felicitamos todos os participantes, 
premiados e não premiados.
 
Muitos parabéns a todos!

 

Sem comentários: