quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Bob Dylan - Prémio Nobel da Literatura 2016

image

Bob Dylan é o 113.º vencedor do prémio máximo literatura, "por ter criado novas expressões poéticas na tradição da canção americana." Uma escolha que não deverá ser unânime entre a crítica.

Bob Dylan é o vencedor do prémio Nobel da Literatura 2016, “por ter criado novas expressões poéticas na tradição da canção americana”. O anúncio foi feito esta quinta-feira pela Academia Sueca, em Estocolmo. “É um poeta maravilhoso”, justificou a secretária permanente Sara Danius. É a primeira vez que o Nobel é entregue a um compositor, “que pode e deve ser lido”, para além de escutado.

Apesar de Bob Dylan ser presença habitual nas listas que tentam adivinhar qual será o vencedor, é uma escolha que pode ser polémica, sobretudo porque a carreira de Robert Allen Zimmerman — verdadeiro nome de Dylan — é sobretudo musical. O norte-americano de 75 anos merece o Nobel porque “é um grande poeta”, capaz de se “reinventar” ao longo de 54 anos de carreira, justificou Sara Danius, que garantiu ter havido “grande unanimidade” entre os jurados. Sobre se antecipa críticas à escolha da Academia, respondeu simplesmente um “espero que não.” E acrescentou: “Talvez the times they are a’changing“, numa alusão à música de Dylan com o mesmo nome.

Já em 2008 o músico venceu um Pulitzer especial pelo seu “profundo impacto na música popular e na cultura americana, marcado pela sua composição lírica de extraordinário poder poético”.

[http://observador.pt/2016/10/13/bob-dylan-e-o-vencedor-do-premio-nobel-da-literatura/, 13/10/16]

Ler +

Bob Dylan tinha um arquivo secreto com mais de seis mil peças

Ler notícia aqui

Sem comentários: