terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Sensibilização à Poesia, por Fátima Veloso

           Este é o País

Este é o país onde a Descrença
Não consegue calar a voz dos Poetas
Nem a espiral dos seus Sonhos
Sentida em longínquas estâncias.

Os poetas deste país
não temem o silêncio da noite
acreditam no Sonho
e de forma interventiva
costuram as bainhas da Mudança.
                                      Fátima Veloso




image

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



ler poemas da escritora

No dia 21 de fevereiro, pelas 10h50 e 11h45, no Auditório da ESOD, os alunos do 10º ano tiveram o prazer de participar nas sessões de sensibilização à Poesia, dinamizadas por Fátima Veloso.

as sessões intitularam-se
“  Abre a porta
às Palavras 

21022014(031)

Inicialmente foi apresentado um trailer da obra Para Além do Azul. As temáticas abordadas oscilam entre a solidão, a saudade, o sentido de perda e de partida, a exaltação dos sentidos, Deus, a Natureza, o cosmos no seu esplendor, a sede do infinito e, sobretudo, a elevação do Amor.

A poetisa disse poemas da sua obra, tendo como pano de fundo som e imagem. Igualmente do seu novo livro, a publicar em breve, com o título “Miragens”, os poemas Amo-te, Poema Maior, entre outros.

 

21022014(008)


Falou-nos acerca das suas motivações para a escrita:

 

A minha escrita é uma busca constante do meu auto conhecimento e do mundo que me rodeia.
A minha Poesia é feita de Azul e de Sombras. É uma conversa com a noite.
O “azul” são Sonhos, as Miragens, a Criação, a vida feita de tudo e de nada, a esperança e a Luz. Por isso, costumo dizer que no meio da Descrença, da falta de esperança, o azul está sempre à espreita.
O meu livro diz muito de mim, o que não diz fica nas entrelinhas. É o meu espelho, sem que tudo esteja lá refletido.
Próximo de uma poesia confessionalista, o sujeito poético é apenas um “eu” suspenso, com um universo à sua volta, ao qual reage, escrevendo, captando sons, imagens, sensações, plasmando com intensidade.
Escrevo para afastar a tristeza.
Escrevo para encher silêncios e descobrir nele, aquilo que sou e aquilo que somos.

Fátima Veloso

Em ambas as sessões os alunos participaram, entusiasticamente, em jogos dramáticos, em que expressaram a sua criatividade.




21022014(027)


Alguns alunos das turmas presentes leram expressivamente alguns poemas da autora, sob orientação dos professores Ana Ramos, Lourdes Silva e Castro Alves.

 
IMG_0793

21022014(016)

  por alunos dos 10ºD e C

por alunos do 10ºA 


Os nossos agradecimentos
à poetisa Fátima Veloso
bio/bibliografia aqui

à Prefaciadora Conceição Lima, os nossos votos de boa saúde

os nossos agradecimentos igualmente
aos professores que orientaram os alunos e
aos professores
acompanhantes

Rosa vermelha

1 comentário:

Anónimo disse...

Uma manhã "Aberta às Palavras", em momentos em que a Poesia de mãos dadas com o Teatro,soltou seus perfumes,vozes interiores, emoções.
Temas variados abordados, sorrisos, imagens,palavras...
As palavras estiveram connosco e nós ouvimo-las.
Obrigada a todos quantos me receberam nessa bela manhã de sexta feira.o vosso olhar atento, a vossa participação e as vossas palavras, encheram-me a alma de brisas e de Azul. O meu abraço a todos vós.

Fátima Veloso