segunda-feira, 26 de abril de 2010

Encontro com o escritor Anthero Monteiro, 26/04/10

 

poeta autografo
poeta autografo1

Por ocasião da Comemoração do Dia Mundial do Livro, em parceria com o Departamento de Línguas, a BE promoveu, no dia 26 de Abril, pelas 10h10, no Auditório da ESOD, o Encontro do escritor Anthero Monteiro com os alunos das turmas do 7º e, pelas 14h20, dos 9º anos e do 2º ano dos cursos CEF – Operador de Informática e  Empregado de Mesa.
Como preparação/sensibilização dos alunos do 9ºA para o Encontro com o escritor, a professora Isabel Correia apresentou à turma o PowerPoint, da sua autoria, Camões, exemplo de Maneirismo”.
Foi com muito prazer que alunos e professores ouviram o poeta ler poemas seus, partilhando a sua interpretação pessoal, respondendo a questões que foram sendo colocadas.

O almoço com o poeta decorreu no Restaurante Pedagógico da ESOD, organizado e confeccionado pelos professores Carla Araújo e Emanuel Silva e alunos do curso CEF – Empregado de Mesa. Foi do agrado de todos, aprimorando-se tanto a confecção como o atendimento.

almoço

Pelas 13h30, decorreu uma Workshop para professores, subordinada ao tema
    O Poetrix como modalidade poética. O Poetrix na aula. Foi de muita utilidade para aplicação à sala de aula.

Reflexo

Águas azuis precisam de azul no céu
e eu do teu sorriso
para espelhar nele o meu

in Anthero Monteiro
Esta outra Loucura: 50 Poetrix,
V. N. Gaia, Corpos Editora, 2002

Plenitude

teu ritmo
marítimo
meu mar íntimo

O POETRIX é um poema composto de título e uma estrofe
de três versos (terceto) com um máximo de trinta sílabas métricas.
in Movimento Poetrix
 

Na BE, estiveram à venda algumas das suas obras, de que destacamos: A Sara Sardapintada, A Lia Que Lia Lia, Esta Outra Loucura: 50 Poetrix, DesesperânsiaA Canção de Guerra contra a Guerra, Canto de Encantos e de Desencantos, títulos da Corpus Editora, bem como, de Orlando da Silva (coordenação, desenhos e grafismo), Catorze Escritores do Norte. Igualmente exemplares do livro do poeta Gaiense, Fernando Morais, “Canções para o Anthero”, obra que lhe é dedicada.

O nosso agradecimento ao poeta Anthero Monteiro pelos momentos poéticos que nos proporcionou.

Sem comentários: